JANELA 10 X 40  
 

Alcançando o centro do mundo
 

É no centro do nosso mundo que vive um expressivo número de povos não alcançados, num espaço comparado a uma janela retangular, identificado como “Janela 10/40”.
 

Antes era conhecido como “Cinturão de Resistência”. Essa janela se estende desde o oeste da África até o leste da Ásia, sendo 10 a 40 graus ao norte do Equador.

  

Essa região especifica começa a ser conhecida como “Janela 10/40”. É um ajuntamento do mundo muçulmano, hindu e budista, onde vivem bilhões de almas empobrecidas no seu espírito.

 

Ao nos aproximarmos ao final dos tempos, é imperativo que nossos recursos estejam focalizados sobre os povos que habitam a “Janela 10/40”. Se nós estamos seriamente comprometidos em prover uma oportunidade efetiva para que cada pessoa tenha uma experiência com a verdade do Salvador Jesus, não podemos ignorar as constrangedoras realidades de sta região.

 

A “Janela 10/40” nos confronta a importantes considerações:
 

1) O significado histórico e bíblico.
2) Os países menos evangelizados.
3) O domínio de três blocos religiosos.
4) A predominância da pobreza.
5) Os grupos étnicos-lingüisticos não alcançados.
6) As cidades (megalópolis) menos evangelizadas.
7) As fortalezas de Satanás estão concentradas na “Janela 10/40”.

A primeira e fundamental razão porque os cristãos devem focalizar a “Janela 10/40” é por causa do significados bíblico e histórico dessa área. Realmente, a Bíblia começa com a explicação de que Adão e Eva foram colocados por Deus no “coração” do que agora é a “Janela 10/40”. O plano de Deus expresso em Gênesis 1.26, é que os seres humanos teriam domínio sobre a terra e deveriam preenchê-la. E quando Adão e Eva pecaram perante Deus, perderam seu domínio sobre a terra.

 

O comportamento pecaminoso do homem cresceu muito diante de Deus e Ele interveio e julgou a terra com a catástrofe do dilúvio.

 

Depois os homens inutilmente vieram a estabelecer seu novo intento para dominar, construindo a Torre de Babel. Essa obra ocorreu no “coração” da “Janela 10/40”, e foi feita como uma provocação contra Deus. Novamente, Deus estendeu Sua mão como julgamento. O resultado foi a introdução de diferentes línguas, feita como uma divisão de povos da terra, e assim a formação de nações. 

Na “Janela 10/40” nós podemos ver claramente a verdade expressa no livro de Graham Scroggies: “O Drama da Redenção do Mundo” (The Drama of World Redemption), que diz: “Há um mundo que esta voltado contra Deus; Ele vendo isso escolheu um Homem com o qual alcançaria o mundo”. Podemos observar que mais uma vez a historia antiga faz menção do mesmo território que é marcado pela “Janela 10/40”, vindo do berço da civilização da Mesopotâmia, cruzando a parte fértil do Egito. Os impérios se levantaram e caíram, isso pelo fato do povo de Israel ter vacilado em sua relação de obediência ao governo de Deus. 

Foi por isso que Cristo nasceu, viveu uma vida perfeita, morreu sacrificialmente na cruz, e se ergueu triunfalmente sobre a morte.

 

A Igreja primitiva anunciou isto; mas foi somente após as viagens missionárias de Paulo, que a proclamação ocorreu mais alem da “Janela 10/40”. Sem duvida, é uma área de significação bíblica e histórica.

A segunda razão porque devemos focalizar a “Janela 10/40”, é porque ali vive o maior numero de povos não-alcançados, que têm o mínimo conhecimento do evangelho e nenhuma oportunidade de conhecê-lo.

Isto consiste somente em 1/3 da área total da terra, mas perto de 2/3 da população do mundo reside nessa área.

 

Com um total aproximado de 3 bilhões de pessoas, a “Janela10/40” inclui 62 países, Estados soberanos e não-soberanos.

 

Dos 50 países menos evangelizados do mundo, 37 estão localizados na “Janela 10/40”; esses 37 países consistem em 97% do total da população dos países menos evangelizados.

 

Se tomarmos com seriedade o chamado de pregar o evangelho a toda criatura, fazermos discípulos de todos os povos e sermos testemunhas de Jesus até o último da terra, precisamos reconhecer a prioridade de concentrar nossos esforços na “Janela 10/40”. Em nenhum lugar é tão gritante a necessidade da verdadeira salvação, que está somente em Jesus Cristo.


Países localizados na Janela 10/40

 

Afeganistão

Iraque

Arábia Saudita

Israel

Argélia 

Japão

Bahrein

Jordânia

Bangladesh   

Kweit

Benim

Laos

Burkina–Faso

Líbano

Butão

Líbia

Camboja

Malásia

Casaquistão

Maldivias

Catar 

Mali

Chade

Marrocos

China

Mauritânia

Chipre

Mongólia

Coréia do Norte

Nepal

Coréia do Sul

Niger

Djibuti

Omão

Egito

Paquistão

Emirados Árabes

Portugal

Etiopía

Saara Oriental

Filipinas

Senegal

Formosa

Síria 

Gâmbia

Sri Lanka 

Gaza

Sudão

Gibraltar

Tadjiquistão

Grecia

Tailândia

Guine

Tibet

Guiné – Bissau

Tunísia

Iemen

Turcomenistão

Índia

Turquia

Irã

Vietnã

A terceira razão porque focalizarmos a “Janela 10/40”, é a presença das três religiões de grande domínio no mundo. A maioria dos adeptos do Hinduismo, Budismo e Islamismo está concentrada nessa área.
Olhando o mapa (página 3) da esquerda para a direita, o mundo muçulmano pode ser distinguido numa extensão desde o norte da África até o Oriente Médio, num bloco representando cerca de 700 milhões de pessoas. No meio do mapa cobrindo o subcontinente da Índia, como uma grande sombra, está presente o Hinduísmo também com mais de 700 milhões de pessoas.

No lado direito do mapa, encontra-se o mundo budista cercando toda a China. Saindo do centro da “Janela 10/40”, o Islamismo está se expandindo energicamente em outras partes do globo. Com uma estratégia similar, devemos penetrar no mundo islâmico com a mensagem libertadora do evangelho. Nós devemos fazer o máximo que pudermos para mostrar aos muçulmanos que o grande profeta descrito no Alcorão não é Maomé, mas sim Jesus Cristo. E que Ele não é somente um grande profeta, mas o próprio Filho de Deus que morreu e ressuscitou para poder salvar milhões de muçulmanos.

Com imensa pobreza e danos causados por enfermidades, a Índia tem sido uma vítima severa da cegueira do Hinduísmo. E m uma nação que tem engordado livremente vacas e emagrecido vidas humanas, nós devemos proclamar a verdade de que Jesus veio para nos dar vida, e vida em abundância.

Ainda que oficialmente seja um país ateu, desde a revolução marxista no final da década de 1940, a China está profundamente influenciada pelas raízes do Budismo. Alguns estudiosos consideram que a realidade religiosa da China é de um sincretismo que inclui folclore, misticismo, animismo e práticas ocultistas.

Considerando essa situação, o fato mostra 1,2 bilhão de chineses que precisam desesperadamente de Jesus Cristo. Eles representam o maior bloco identificável na “Janela 10/40”.

A quarta razão por que devemos focalizar a “Janela 10/40” consiste também, na enorme quantidade de pobres que vivem ali. São os “pobres dos pobres”, oito em cada dez, com um orçamento inferior a 500 dólares por ano por pessoa. Ainda que 2,4 bilhões de pessoas nestas condições vivam na “Janela 10/40”, apenas 8% dos missionários trabalham entre eles.

Bryant Myres, em seu perspectivo artigo diz: “Onde estão os perdidos e os pobres?” Responde: “os pobres são os perdidos e os perdidos os pobres.”

Ele chegou a essa conclusão após demonstrar que a maioria dos não alcançados vive nos países mais pobres do mundo.

Quando cristãos de 170 países se encontram em Lausanne II (Manila-1989), houve um grande interesse pelos materialmente pobres. Na segunda sessão de Manila, o interesse foi lembrado com a seguinte declaração: “Nós temos sido novamente confrontados com a ênfase de Lucas, que o evangelho é boas novas para o pobre (Lc. 4.18; 6.20; 7.22) e temos que perguntar se isso não significa que a maioria da população do mundo não está destituída, sofrendo e oprimida. Nós temos sido lembrados que na lei, nos profetas, nos livros de sabedoria e nos ensinamentos e ministério de Jesus, Deus sempre interessou-se pelos pobres materialmente defende-los e cuidar deles.”

Cristãos comprometidos não podem ignorar a realidade de que há um paralelo marcante entre os países pobres do mundo e os não evangelizados.

A quinta razão pela qual devemos fixar a nossa atenção na “Janela 10/40”é porque nela se encontra o maior grupo espiritualmente quebrado de megapovos etnolingüísticos (mais de 1 milhão).

De fato, mais de 90% dos indivíduos desses grupos populacionais vivem na área da “Janela 10/40”.

A sexta razão pela qual devemos focalizar a “Janela 10/40” é que nela estão situadas as maiores megalópolis não-alcançadas do mundo.

E isto quer dizer que em cada uma delas há uma população de mais de 1 milhão e pessoas. Na lista das primeiras 50 maiores cidades do mundo, todas estão situadas na “Janela 10/40”!

De fato só estes fatos nos levam a ver a prioridade de investir recursos para levar o amor e a verdade e a verdade de Cristo a essas cidades gigantes.

A sétima e última razão para focalizarmos a “Janela 10/40”é que nela se incluem as fortalezas de Satanás. Bilhões de pessoas que vivem na “Janela 10/40”, não só estão debaixo de enfermidades, pobreza e calamidades, mas têm sido impossibilitadas de conhecer o poder transformador do evangelho. Elas um exemplo claro do que temos em 2 Co. 4.4: “O deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho da glória de Deus.”

Nós não estamos vendo esta situação de forma fatalista, mas temos tido fé de que isto pode se inverter.

Mais para a frente nesse mesmo texto, o apóstolo Paulo declara: “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim, poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando sofismas.” (2 Co.10.4)

Ainda que Satanás estabeleça um território de fortaleza na “Janela 10/40”, nós não podemos conceder nenhuma parcela da terra, nem uma pessoa. O evangelho deve avançar!

Olhando as páginas da história, descobrimos uma difícil batalha espiritual, escrita pelo profeta Daniel.

Daniel, um fervoroso homem de oração, foi altamente estimado por Deus e pelo povo de sua época. Numa ocasião, enquanto esperava em oração na presença de Deus, Daniel jejuou por três semanas. Finalmente, um anjo do Senhor veio a ele em resposta a sua oração (Dn 10.12). Continuando, o anjo explicou as coisas que ocorreram enquanto se dirigia a caminho dizendo que foi detido 21 dias por um demônio chamado “Rei da Pérsia” (Dn 10.13). isto ocorreu até que o anjo Miguel veio para ajuda-lo na luta, continuando a seguir seu objetivo de ir até Daniel.

Essa fascinante passagem bíblica nos leva a entender a realidade da batalha territorial nas regiões celestiais. O anjo que visitou Daniel depois de deixar a mensagem disse-lhe que deveria voltar para a batalha com o reinado da Pérsia. Aparentemente essa batalha continua. A antiga Pérsia é conhecida atualmente como Irã, e continua a ser uma fortaleza segura de Satanás. O Irã situa-se no centro da “Janela 10/40”.

George Otis Jr. tem concluído que duas poderosas forças demoníacas, com grande significado bíblico, aparecem no epicentro do mundo não-alcançados: o Príncipe da Pérsia (Irã) e o espírito da Babilônia (Iraque). Ambos deverão ser penetrados antes que se possa completar a Grande Comissão.

Otis observa que isso ocorrerá na região do Jardim do Éden, onde o comando de “dominar a terra”veio originalmente.
 

Grandes centros urbanos menos evangelizados localizados na Janela 10/40
 

 

Afeganistão

Israel

Cabul

Telaviv

 

 

Arábia Saudita

Japão

Jidá

Fukuoka

Meca

Hiroshima

Medina

Iokoama

Riad

Kawasaki

 

Kobe

Argélia

Nagoi                            

Argel

Osaka

 

Quioto

Bangladesh

Saporo

Chitagong

Tóquio

Dacá

 

 

Jordânia

China

Amã

Cantão

 

Chiannampu

Marrocos

Pequin

Casablanca

Tianjin

Rabat

Xangai

 

Xeniang

Paquistão

 

Faisalabade

Coréia do Norte

Islamabade

Pionguiang

Karachi

 

Lahore

Índia

 

Calcutá

Senegal

Jaipur

Dakar

Kanpur

 

Surat

Tailândia

Vadodara

Bancoc

Varanas

 

 

Tunisía

Iraque

Túnis

Bagdá

 

Basra

Turquia

 

Ancara

Irã

Esmirna

Meshed

Istambul

Teerã

 

Isso é evidente. As forças de Satanás têm grande poder e irão resistir a todo intento de triunfarmos. Se nós estamos em luta no território de Satanás, devemos nos revestir da armadura de Deus e lutar com armas próprias da batalha espiritual descritas em Efésios 6. Depender de outras coisas é total insensatez.

O foco da ação missionária da Igreja Crista há 200 anos foi concentrado nas regiões costeiras do mundo. Um século depois, os esforços concentram-se nas regiões interioranas dos continentes. Com o passar dos anos, o foco foi direcionado aos grupos e pessoas e suas etnias.

Mais recentemente, as megalópolis têm sido o ponto de concentração da ação missionária da igreja. Hoje, com o terceiro milênio se aproximando, devemos concentrar nossos esforços na “Janela 10/40”.

É claro que isso nos faz rever prioridades. Devemos encontrar a melhor maneira de inovar caminhos para alcançar com o amor de Cristo bilhões de pessoas que vivem na “Janela 10/40”. Devemos mobilizar um massivo grupo de oração que focalize a “Janela 10/40” com suas suplicas interecessoras.

Contudo, isso deve ser claramente entendido que a concentração na “Janela 10/40”, não deve cessar o trabalho do Senhor ao redor do mundo. Os missionários devem esforçar-se em evangelização, treinamento, ajuda e implantação de igrejas, cruzando culturas, sem nada que os impeça.

Se nós estamos crendo nas Escrituras, obedecendo o mandato de Cristo e não estamos esmorecendo em plantar igrejas em todo lugar, conseguiremos o centro do mundo na “Janela 10/40”.

Que Deus nos encha de intrepidez, sabedoria e energia para assumirmos a nossa parte nesse grande desafio.
 

O Que você pode fazer:


Diante do exposto, certamente você percebeu que existem muitas maneiras de participar.

1) Crie um movimento de intercessão em favor dos povos não-alcançados pelo evangelho, especialmente pelas nações da “Janela 10/40”.

2) Leve sua igreja ou denominação a participar da adoção de um ou mais povos da “Janela 10/40”, procurando maiores informações sobre eles, tomando conhecimento de suas necessidades e desafios, envolvendo a sua igreja ou denominação em algum programa missionário a eles dirigido. Para isso procure conhecer AVANTE, que esta trabalhando na “Janela 10/40” ou indague de sua denominação sobre planos e atividades voltados para as nações desta região desafiadora.

3) Use este material como meio de informação e inspiração em favor de missões na “Janela 10/40”.
 

Os megapovos etnolingüisticos menos evangelizados Localizados na “Janela 10/40” 
 

1-Sul da Ásia

3-Sudeste da Ásia

Assamese

Burmese

Baluchi

Iaô

Bengali

Khmer

Bhil

Mon

Bhotia

Shan

Bihari

Thai

Bindili

Tibetan

Braj Bhakha

 

Chattisgarhi

4-Oeste da Ásia

Deccani

Arab

Gujarati

Azerbaijani

Hindi

Hazara

Ho

Jew

Kanauji

Kurd

Kashmir

Parsi

Maharashtra

Pathan

Nepali

Turk

Orisi

Uzbek

Rajasthani

 

Sindhi

5-Povos na antiga

Urdu

Tadzhik

 

Turkmen

2- Nordeste da Ásia

União Soviética

Bhotiya

 

Chuang

6-Oeste África

Han

Bedouin

Hui

Berber

Japanese

Dyerma

Manchu

Fula

Miao

Hausa

Mongol

Lobi

Puyi

Malinka

Tujia

Tarueg

Uigur

West-Arab

Yao

Wolof

Yi